Sex, 15 de Junho de 2012 19:53

Varejo registra alta de 9,08% nas vendas do Dia dos Namorados, diz SPC Brasil Destaque

Qualifique este item
(0 votos)

O SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) apurou alta de 9,08% nas vendas do varejo na semana que antecedeu o Dia dos Namorados 2012. O resultado veio acima da projeção inicial da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), de crescimento de 4,5%, e se refere à variação registrada entre 2011 e 2012.

Conforme avaliação do economista Nelson Barrizzelli, do SPC Brasil e da CNDL, o crescimento de 9,08% das vendas é consistente com a maneira pela qual o consumidor está se comportando este ano, além de considerar um movimento atípico de consumo elevado nos shopping centers e lojas por conta do feriadão de Corpus Christi, que neste ano ocorreu na primeira quinta-feira de junho, dia 7, o que propiciou compras de final de semana, as quais tendem naturalmente a serem mais robustas.

Vale ressaltar, diz Barrizzelli, que em 2011 o feriado de Corpus Christi caiu apenas no dia 23 de junho, não influenciando, assim, as vendas de Dia dos Namorados.

O economista do SPC Brasil e da CNDL citou que os dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em março deste ano, que mostram que o varejo brasileiro cresceu 12,5% quando comparado com março de 2011 são um bom exemplo da força do setor e da demanda interna. 

Para Barrizzelli, apesar da informação se referir ao mês de março, não há indícios de que o comportamento do comércio tenha sido diferente nos meses seguintes. “No caso de datas especiais, o ticket médio pode variar para baixo em relação às compras normais, mas o comportamento do consumidor não se altera em relação aos segmentos do varejo nos quais ele busca satisfazer seus desejos de compras”, disse.

O economista do SPC Brasil e da CNDL avaliou também que pesou positivamente para o índice fatores macroeconômicos favoráveis à sustentação do bom desempenho do varejo brasileiro. “O emprego segue aquecido e os salários têm sido corrigidos um pouco acima da inflação corrente. Além disso, o salário médio de admissão subiu 4,3% no 1º trimestre deste ano, segundo dados do Ministério do Trabalho, e, nos últimos três meses, as taxas de juros ao consumidor têm mostrado tendência descendente”, avaliou.

Segundo disse, esses fatores conjugados estão contribuindo para o bom desempenho das vendas varejistas. “E ao que tudo indica esse movimento deve continuar no mesmo ritmo nos próximos meses”, constatou.

Fonte: cndl.org.br


Portal do Administrador

Últimas de Portal do Administrador

Items relacionados (pela tag)

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

voltar ao topo